Menu fechado

OEA analisa a capacidade brasileira em cibersegurança

Matéria do Informativo RADAR

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior |

A Organização dos Estados Americanos (OEA) fez um detalhado relatório sobre a capacitação brasileira em cibersegurança. O levantamento analisa quais foram os resultados do plano estratégico estabelecido pelo governo brasileiro em 2010, o chamado “Plano Brasil 2022” – que reúne uma relação de ações de cibersegurança -, que se encerra daqui há dois anos. Nesse período o país passou por testes importantes ao receber grandes eventos internacionais sujeitos a ataques cibernéticos, como os Jogos Pan-Americanos em 2007; a visita do Papa Francisco, em 2013; a Copa do Mundo, em 2014; e os Jogos Olímpicos, em 2016.

Impactos em Segurança e Defesa: A realização de avaliações regulares dos processos de acordo com normas e diretrizes internacionais, juntamente com a avaliação da segurança da infraestrutura, apresentam um grande potencial para o fortalecimento da governança nacional. Assim, estimula-se a utilização de metodologias de avaliação de políticas públicas no ambiente cibernético no nível político.

Fonte: OEA. Revisão da Capacidade de  Cibersegurança:  República Federativa do Brasil. Oxford, 2020. Disponível em: https://www.oas.org/pt/ssm/cicte/docs/PORT-Revisao-da-Capacidade-de-Ciberseguranca.pdf

O post OEA analisa a capacidade brasileira em cibersegurança apareceu primeiro em Projeto Radar.



Fonte: Projeto Radar – Cyber Segurança

Post relacionado