Fornecedor das Forças Armadas americanas foi alvo de hackers

44
Lançamento do míssel balístico LGM-30 Minuteman

Por Marcelo Andrade de Barros e Walmor Cristino Leite Junior

Informações sensíveis sobre o Míssil Balístico IntercontinentalLGM-30 Minuteman(ICBM, sigla em inglês)  foram roubadas da empresa americana Westech International, através de ataques cibernéticos. Conforme relatório produzido pela Sky News, depois do acesso aos computadores da Westech, os atacantes criptografaram as máquinas da empresa com uso do Ransomware Maze. De posse dos dados, os criminosos deram início a um vazamento sistemático de informações, com o objetivo de pressionar a vítima ao pagamento de um resgate pela segurança de seus dados.

Impacto em Segurança e Defesa: Empresas privadas que fornecem produtos e serviços para Forças Armadas têm enfrentado cada vez mais ameaças cibernéticas. Dessa forma, é preciso conscientizar as direções desse tipo de empresa, especialmente no contexto nacional, para que haja um maior engajamento junto ao sistema de segurança cibernética brasileiro.

Fonte: JOWITT, T. Hackers steal data from US Nuclear Missile Contractor. Silicon, 04 jun. 2020. Disponível em: https://www.silicon.co.uk/security/cyberwar/hackers-steal-data-from-us-nuclear-missile-contractor-345515.