Menu fechado

Ex-funcionário de aplicativo de transporte é acusado de pagar resgate para encobrir ataque hacker

Matéria do Informativo RADAR

Por Lucas Pinheiro Fonseca e Walmor Cristino Leite Junior |

O ex-chefe de segurança da Uber, Joseph Sullivan, está sendo acusado de obstrução de justiça nos Estados Unidos por tentar encobrir uma violação de dados da empresa em 2016, que expôs 57 milhões de motoristas e passageiros. Ele é acusado de aprovar o pagamento de 100 mil dólares de resgate a hackers para que os dados roubados fossem deletados. Sullivan foi desligado da empresa em 2017 quando a violação foi revelada. Esse fato chama a atenção para a possibilidade de que outras falhas de segurança possam estar sendo acobertadas em outras organizações.

Impactos em Segurança e Defesa: A falta de transparência em como as empresas lidam com a segurança dos dados de usuários pode gerar desconfiança. Questões sobre quais aplicativos têm permissões para serem utilizados em cada território podem surgir. Essa tendência pode ser usada para favorecer fins políticos e minar a privacidade dos usuários.

Fonte: UBER ex-security boss accused of covering up hack attack. BBC, 21 ago. 2020. Disponível em: https://www.bbc.com/news/technology-53861375.

O post Ex-funcionário de aplicativo de transporte é acusado de pagar resgate para encobrir ataque hacker apareceu primeiro em Projeto Radar.



Fonte: Projeto Radar – Cyber Segurança

Post relacionado